sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

[Crónica] Novo Acordo Ortográfico - Patrícia


Será mesmo novo? Sinceramente, penso que não. Este Novo Acordo Ortográfico é literalmente uma imitição da Língua Brasileira. Já não existiam complicações suficientes na nossa Língua? Tinham de "inventar" mais uma para dificultar a já ardilosa capacidade literária? De facto, e não, não me refiro a fatos que possa vestir, a maior parte das pessoas não saberá como escrever estando constantemente em períodos de transformação. Mesmo os nossos professores, as pessoas que no seu percurso de vida dedicaram todo o seu trabalho à Língua Portuguesa, vêem-se forçosamente na condição de meros espectadores e limitam-se a dar a sua opinião quando deveriam ter um papel muito mais activo neste aspecto.

Desde pequenos que nos é apresentado um tipo de escrita, a forma como vamos evoluindo não perde as suas raízes uma vez que aquela foi a nossa base. Imaginem que perdemos completamente esse apoio. As palavras deixam de ter o mesmo sentido, a pontuação é alterada, estamos reféns da forma como transmitimos a nossa opinião e da maneira como ela é recebida. O que somos então? Estaremos em tal estado de precariedade que até a forma como escrevemos obrigatoriamente se traduz numa imitação?

Chego à conclusão de que o Acordo Ortográfico, para além de todas as mudanças nas palavras, trará uma enorme confusão nas cabeças de muita gente. Nem mesmo os livros e os dicionários serão capazes de tratar este assunto sem alguma dúvida. Mas nada me convence de que este assunto ficará resolvido com apoio total.

Patrícia

2 comentários:

Tatiana disse...

Concordo inteiramente com o que disseste... este português, cujas raízes partiram dele, não deveria ser alterado assim à toa como se tem vindo a verificar neste "Novo" Acordo Ortográfico... Até a minha professora não está de acordo. Ao invés de serem os brasileiros a adaptarem-se ao português de raíz (já não é o de raíz mas é aquele que apresenta as maiores parecenças) e não nós, que durante toda a nossa vida temos estado a aprender esta língua que sinceramente é muito difícil. (Inglês é que rula :P)

Andreia* disse...

A mim causa-me uma extrema confusão uma vez que de vez em quando dou por mim a escrever a mesma palavra de maneiras diferentes de modo a visualizar a forma correcta de o fazer... e como irá isto resultar se vão alterar as bases construídas ao longo de tantos anos nas cabeças dos alunos? Eu acho que é uma perfeita idiotice (palavrões à parte xD)

Blog Widget by LinkWithin