sábado, 16 de janeiro de 2010

Flashback de 2009.

Nome: Eclipse
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Gailivro
Tradução: Ana Mendes Lopes
Páginas: 601


Este livro foi lido com bastante vontade, pois andava ansiosa pela continuação da saga Luz e Escuridão e, no Natal de 2008, ofereceram-me o Lua Nova e o Eclipse. O desenrolar da história não correu como eu estava à espera, mas gostei do que li. Já não me lembro de toda a história em si, pois confesso que, infelizmente, sou um bocadinho esquecida, mas as partes que mais me marcaram neste livro foram: a pequena aliança que começa a existir entre os vampiros e os lobisomens, o beijo entre Bella e Jacob e a decisão amorosa que Bella acaba por tomar. Para além disso, acho que a guerra entre os recém-nascidos e os Cullen está bastante boa. Para minha infelicidade, emprestei este livro a uma rapariga e, quando o voltei a ter nas minhas mãos, estava todo estragado. As páginas estavam todas descoladas e o livro todo dobrado. Fiquei muito triste e ainda me custa olhar para ele ou abri-lo; tenho medo que ele se estrague completamente.


Nome: O Primeiro Livro do Diário de Sofia
Autora: Sofia Afonso
Editora: Editorial Presença
Páginas: 119



Nome: O Segundo Livro do Diário de Sofia
Autora: Sofia Afonso
Editora: Editorial Presença
Páginas: 111



Nome: O Terceiro Livro do Diário de Sofia
Autora: Sofia Afonso
Editora: Editorial Presença
Páginas: 13o


Estes são os três primeiros livros de uma colecção de dez livros (penso eu) acerca da vida de uma adolescente chamada Sofia e já os li a todos há uns anos atrás. No entanto, por volta do início do ano, não tinha livros novos para ler, por isso comecei de novo a ler esta colecção, da qual eu sempre gostei. A adolescência é muito bem retratada no geral e a escrita é bastante leve, lembrando mesmo um diário. No entanto, a minha segunda leitura desta colecção foi interrompida pelo próximo livro que vos vou falar.


Nome: A Guerra dos Tronos
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Tradução: Jorge Candeias
Páginas: 359


Lembro-me de ver este livro nas mãos do Tiago, mas de não lhe dar grande atenção. Felizmente, o Tiago insistiu para que eu lesse apenas o primeiro capítulo e, mal o terminei, não consegui parar de ler o resto e acabei por o fazer nas aulas, sensivelmente em apenas dois dias. E a partir daquele dia, entrei num mundo fantástico do qual eu já não quero sair.


Nome: A Muralha de Gelo
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Tradução:
Páginas:


Comecei a ler este livro logo de seguida, cheia de curiosidade acerca do que iria acontecer a seguir. Tornei-me simpatizante da família Stark mas, mal o livro começou, senti a tristeza à flor da pele devido ao falecimento de um membro - que, só por acaso, era a minha personagem favorita - da família. Neste livro, a história dá uma volta de cento e oitenta graus, o que me deixou com a cabeça à roda e com ainda mais vontade de ler o seguinte.

Nome: Brisingr
Autor: Christopher Paolini
Editora: Gailivro
Tradução: Leonor Bizarro Marques
Páginas: 800
Nota: 6,5/10


Sempre gostei da história de Eragon e estava ansiosa para ler o último livro. No entanto, foi com uma grande desilusão que me apercebi que este não seria o último. Grande parte do livro parece constituído por palha, tirando-nos imediatamente a vontade de continuar a ler. No entanto, eu obriguei-me a fazê-lo e, nas últimas trezentas páginas, a história lá tomou um rumo. Mas fiquei sem qualquer vontade de ler o próximo.


Nome: A Fúria dos Reis
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Tradução:
Páginas: 430


Este livro tornou-se numa confusão de tronos mas, nem assim, deixei de gostar dele. No entanto, penso que, da saga As Crónicas de Gelo e Fogo, de todos os que já li, este foi o que me marcou menos. Mas não deixou de ser espectacular.


Nome: Amanhecer
Autora: Stephenie Meyer
Editora: Gailivro
Tradução: Maria Peres
Páginas: 753
Nota: 8/10


Li este livro quase de um só fôlego, durante o Verão, cheia de calor. E, muitas vezes, não conseguia fechá-lo para ir dormir, passando as noites a ler. Gostei bastante do desenvolvimento da saga mas, tal como referi na crítica, achei o final muito fraco. Apesar disso, teve imensos factos que me deixaram surpresa.

Nome: O Mundo de Sofia
Autor: Jostein Gaarder
Editora:
Tradução:
Páginas: 453
Nota: 8,5/10


Este livro ensinou-me tudo o que eu, supostamente, devia ter aprendido no 10.º ano a Filosofia. No entanto, nas aulas costumava adormecer e este livro fez-me recuperar todos os conhecimentos. Foi um livro muito estranho de ler, mas gostei muito. Deixou-me muitas questões em mente, o que me agradou bastante e me fez reflectir.


Nome: Os Maias
Autor: Eça de Queirós
Editora: Editora Livros do Brasil
Páginas: 725
Nota: 9/10


Os Maias foram deliciosos de ser ler e, ao contrário daquilo que eu estava à espera, captou a minha atenção ao máximo. Penso que foram as descrições que mais gostei de ler até hoje.

Nome: O Despertar da Magia
Autor: George R. R. Martin
Editora: Saída de Emergência
Tradução:
Páginas: 416
Nota: 9/10


A capa deste livro chamou-me bastante a atenção e penso que o título se adequa perfeitamente ao desenrolar da saga. Num mundo de fantasia, era de esperar que a magia estivesse presente. No entanto, nos outros três volumes a magia esteve quase ausente e penso que só as mentes mais subtis é que seriam capazes de a encontrar em cada palavra de Martin. Neste volume, os capítulos tornam-se literalmente mágicos e ainda mais misteriosos de se ler, dando uma especial atenção à Canção de Gelo e Fogo.


Ainda em 2009 comecei a ler Nómada, mas como ainda não o acabei, não o vou referir aqui. Numa média, li cerca de 14 páginas por dia. E, ao todo, li 11 livros. Este ano espero ler mais do que 15 livros e deixar o meu vício de ler dois livros ao mesmo tempo de parte. Boas leituras!


Sara

3 comentários:

t i a g o disse...

De todos esses só não li os Diários de Sofia (e não me parece que o vá fazer xP), nem os da Stephanie Meyer (também não será para breve, pelo menos até parar de ser "moda"). De resto: os de Martin, são todos excelentes! O Mundo de Sofia é interessante e engraçado. Os Maias é um livro muito bem escrito. E o Brisingr foi a pior desilusão de 2009 para mim (pelos vistos não fui o único).

Bons objectivos para 2010. :) Desses 15... deixa cá ver se adivinho quais são ser alguns:
- 5º do Martin
- 6º do Martin
- 7º do Martin
- 8º do Martin
- A Filha da Floresta
- O Filho das Sombras
- A Filha da Profecia
- Mil Novecentos e Oitenta e Quatro
e... não sei mais :D

Boas leituras!

Tatiana disse...

quanto aos livros que aqui tens, bem, li os da S. M. (o Nómada vou reler por causa de uma leitura conjunta no My Imaginarium) e adorava ler os de George R. R. Martin que sempre tenho lido excelentes críticas....
O livro Amanhecer foi o livro que me desiludiu da saga. O Eclipse porque tinha alguma palha mas até não desgostei... mas o Amanhecer desiludiu-me imenso pelo seu final já que lhe faltou acção, luta e perda. Penso que esta seria a melhor forma de SM ter acabado a sua estória...
já os diádios de Sofia, ficava-me pela série na 2: ...

bjs

Mariposa disse...

Olha, sobre o "Eclipse", acredito que a tua amiga não seja culpada pela desgraça que aconteceu ao livro... Penso que essa edição foi muito mal feita, já que o meu estava novinho e também se desfez todo enquanto o estava a ler... :(

Blog Widget by LinkWithin