domingo, 24 de maio de 2009

Parei de ler o Brisingr

Isto raramente me acontece, mas a verdade é que perdi por completo o interesse na leitura de Brisingr, e, olhando para a minha prateleira com tantos livros a quererem ser lidos, decidi não me obrigar a continuar a ler o terceiro da trilogia da Herança. Talvez, um dia mais tarde.

A verdade é que a história começava a tornar-se previsível, os capítulos quase todos iguais, de muita conversa fiada, e páginas e páginas que pareciam estar lá apenas para encher chouriços, como se costuma dizer. Talvez a partir de este facto se descubra o porquê do numeroso número de 800 páginas. Na minha opinião, um número um pouco exagerado tendo em conta o enredo que a história desenvolveu até às 530, onde parei.

Não gosto de fazer isto, mas a verdade é que me estava a custar avançar. E se lemos é por gosto, não é?

Tiago

8 comentários:

Leto of the Crows disse...

Não é uma coisa que eu aprovo, mas a velocidade a que estou a lê-lo é a mesma que a tua xD devagarinho...

the-door-to-my-imaginarium disse...

eu o eragon tb parei a meio por ixo ainda xegaste + longe lol na altura lembro-me de achar secante mas queria ver se lia a trilogia mas agora vou para o george martin ha que tempos que quero ler ;)

Kath disse...

xD Já tinha ouvido dizer mal do livro, por acaso. Eu nem tentei lê-lo para não me acontecer o mesmo.

Wild Angel disse...

O teu comentário deixou-me de pé atrás :S Tenho o livro pronto para o ler assim que me surja oportunidade... Fiquei admirada por teres sido "forçado" a parar de o ler! Pensava que os textos dele fossem manter a mesma qualidade presente nos outros livros... (se bem que em Eldest já havia uma certa descrição em demasia)

t i a g o disse...

Pois, Wild Angel, o verdadeiro problema não é a descrição - parece-me que é mesmo o tipo de escrita dele: descreve as coisas erradas, e usa muita linguagem objectiva. Descrição, na minha opinião, fica muito mais bonita com sujectividade.

Obrigado pelos vossos comentários.

Ana disse...

Aconteceu-me o mesmo quando li Eragon pela primeira vez. Odiei e jurei que nunca mais pegaria naquele livro. Agora ando ansiosa pelo lançamento do próximo livro da saga 8D
E deixa-me dizer que, desde que li Os Maias no meu 11º, não considero as descrições do Paolini em demasia x)

Kel disse...

Deparei-me com este post quando abri um outro comentário de um livro. Bem sei que já tem mais de um ano, mas quando o li não me senti sozinha. Passo a explicar, quando comecei a ler o brisingr, que penso que foi na mesma altura que tu, também desmotivei e deixei o livro a meio. E ainda bem que o fiz, porque comecei a ler outros livros com muito mais vontade, e nem sei se vou voltar a pegar no ultimo livro da trilogia. E quando vi o teu comentário senti que afinal não era "problema meu", mas que afinal o livro esta mesmo "aborrecido".
:D
Gosto muito do blog, principalmente porque me ajuda a ler ou não ler determinadas obras! e como sei que fazem 2 anos, muitos parabens e continuem assim!
Só espero um dia o meu pequeno blog também chegar perto do numero dos vossos visitantes!

mariana disse...

ADOREI O BRISINGR.
acho que gostei mais que eldest.
Sim, foi um pouco chato ao incio mas depois é fantástico.
Nao te ias arrepender, já que leste eragon e eldest, acho impossivel nao ter curiosidade sobre o desfecho desta historia fantastica!
Adoro esta saga. está entre as minhas preferidas de fantasia.
O nome do vento de patrick rothfuss tambem teve partes monotonas mas acabei de o ler e é o meu favorito de fantasia juntamente com as cronicas de gelo e fogo e depois o ciclo da herança.
Ainda quero ler muitos mais livros de fantasia.Mas eragon marcou-me imenso.Foi por causa desta historia que começei realmente a ler.

Blog Widget by LinkWithin