segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O Despertar da Magia - Crítica

Foi o livro mais rápido que li este ano, e quando dei por mim já estava quase no fim. Não foi por obrigação que peguei no livro e fui virando as páginas, e não senti o aproximar gradual do final... o fim chegou, e a minha opinião aqui está!

Ao contrário do que anda por aí, gostei menos deste do que d'A Fúria dos Reis, que antecedeu este Despertar da Magia, volume 4 das Crónicas de Gelo e Fogo, de George Martin. Pareceu-me mais rápido, demasiado rápido, e não me deu tempo de digerir algumas coisas. As personagens perfeitas continuam presentes, as descrição q.b. também. Mas assisti a alguma pressa... talvez pudesse ter sido mais explorado.

Alguns capítulos foram completamente deliciosos, e os restantes foram o suficiente para me pôr um sorriso na boca, ou esboçar uma expressão de incredulidade; ficar com a respiração suspensa até ao próximo capítulo narrado por essa personagem (porque cada capítulo é narrado por uma personagem diferente)... mas achei este fim notoriamente menos espetacular do que o d'A Muralha de Gelo. E até do que o d'A Fúria dos Reis.

Dou a nota que dou porque, para um livro do Martin, estava à espera de um pouco mais (e é um 7,99999). Mas estou ansioso pelo próximo!!

Páginas: 395

Personagens Preferidas: [ Daenerys (porque adorei os seus capítulos neste volume; as descrições de Qarth), Sansa (porque melhorou notoriamente neste) e Theon (porque se mostrou implacável e muito diferente do que eu estava à espera). ]

Nota (0/10): 7 (Bom)

Tiago

PS: Votem na sondagem correspondente a este livro na barra lateral! :D

2 comentários:

Pedro disse...

Como sabes, eu fui daqueles que achei "A Fúria dos Reis" mais fraco (pouco, claro =P).

Quanto a este, para mim foi um bocadinho melhor.
No entanto, agora que olho para trás, acho que concordo quando dizes que tudo aconteceu muito rápido! Lembro-me de que foram reveladas respostas e profecias de uma maneira que não consegui processar tudo quanto conseguia!
(e será que não leste rápido de mais para teu gosto?)

Para mim, o melhor livro até agora foi "A Muralha de Gelo", que é delirante. "A Tormenta das Espadas" também é excelente, mas pelo que dizem "A Glória dos Traidores" é um estrondo.

t i a g o . disse...

Sim, Pedro, talvez a rapidez involuntária com que o li tenha afectado um pouco a minha opinião... mas foi mais forte do que eu! xD

Obrigado pela opinião :D

Tiago

Blog Widget by LinkWithin