domingo, 17 de outubro de 2010

Preso - Crítica

Nome: Preso
Autor: Tiago Mendes
Editora: [Não Publicado]
Nº de Páginas: 170


Esta crítica não vai conter todas as informações necessárias acerca do livro por várias razões. Primeira: Eu li o livro durante as aulas e nem sequer tomei atenção ao número de páginas, tentando que os professores não me apanhassem. Segundo: Foi o Tiago - sim, o Tiago aqui do Lydo - que o escreveu.

Comecemos então pelo início. O Tiago escreveu este livro para o NanoWrimo de 2008 e eu lembro-me perfeitamente de todos os comentários que ele ia fazendo, ao longo da sua escrita, quando chegava à escola. Eu sempre me senti curiosa para ler o livro e ele chegou mesmo a enviá-lo em documento Word, mas eu nunca arranjei tempo para o ler - e, por vezes, também me esquecia que o tinha n'Os Ficheiros Recebidos.

Até que ele o levou no outro dia para as aulas, já encadernado e prontinho para que eu pegasse nele e o lesse. Li-o em três aulas, ou seja, em quatro horas e meia.

Há momentos em que o Tiago se esquece que a história se passa na primeira pessoa e passa-a para a terceira, fazendo mesmo com que eu me confundisse um bocado. Mas foi quando me apercebi desse erro que deixei de fazer paragens e caretas para ele - sim, porque, enquanto o lia, ele estava ao meu lado. Para além desses pequenos erros, nota-se que, de vez em quando, ele estava a escrever a história um bocado à pressa pois existem erros de compreensão. Como, por exemplo, o facto de o personagem estar nu e, de repente, guardar uma pistola no bolso das suas calças. Mas isso eu compreendo bastante bem, pois também eu já participei num NanoWrimo. Existe sempre aquela pressão de, em cada dia, escrever cerca de 1.666 palavras para conseguir chegar ao fim do mês com as 50.000 palavras prometidas.

Para além destes pequenos defeitos, achei a história muito bem conseguida. O Tiago, mais uma vez, demonstrou-me que tem uma mente muito fértil e que a sua imaginação vai para além do imaginário. A sua escrita, naquela altura - sim, porque ele vai mudando de estilo - era fluída e muito fácil de compreender. Tendo conseguido criar uma história com pés e cabeça e com muito mistério à mistura, vou dar um Sete a esta obra ainda não publicada! Parabéns, Tiago.

Personagens favoritas: Afonso, Tiago (o primo), Luís.

Nota: 7/10 - Bom


Sara

5 comentários:

t i a g o disse...

Se os visitantes do Lydo e Opinado não sabiam que uma das minhas paixões, para além de ler, é escrever - ficam pois a saber. E ficam também a saber que esta minha história, "Preso", não é do meu agrado. Não, não a vou publicar, mas se houverem pessoas interessadas em ler até posso enviar um PDF. Acontece que não gosto desta minha primeira "novela". :)

Esse 8, Sara... esse 8 é assim muito exagerado! :)

Fernando disse...

Onde posso ler isto?
Fiquei curioso...

Cumprimentos,

Fernando

t i a g o disse...

Fernando, se quiser posso enviar-lhe um documento PDF desta minha historieta. Envie um email para lydoeopinado@gmail.com com o seu contacto de email.

Fernando disse...

Tiago, assim o fiz. Fico à espera da surpresa na caixa de correio.

Cumprimentos,

Fernando

Jessi disse...

A primeira experiência nunca é perfeita. Continua a tentar, hás-de conseguir escrever algo que te agrade.

Blog Widget by LinkWithin