sábado, 23 de outubro de 2010

Os Livros Desafortunados


Tenho a sensação de já ter falado deste assunto aqui no blog. Acontece que alguns livros que escolhemos ler são mesmo uns desafortunados... até podem ser a melhor obra que já nos passou pelas mãos (e nesse caso então, o azar chegaria ao extremo), mas pelas condições em que são lidos acabam por ser, às vezes, recordados com um pouco de desgosto. Ao pegar em "Underground", de Haruki Murakami, há quatro dias não estava à espera de na manhã seguinte acordar adoentado, constipação forte essa que está a durar até hoje (mas já estou melhor). Eu, falando por mim, tenho a sensação de que os livros que são lidos enquanto estou doente, são sempre uns desafortunados...

Colocava ainda a pergunta aos leitores do blog se, além desta situação, numa outra também acontece efeito semelhante. Já aconteceu falecer alguém próximo de vós enquanto liam um livro? A leitura ficou manchada por esse acontecimento? Gostava de saber as experiências das pessoas. E desculpem tocar neste assunto, se alguém não gostar dele. Eu próprio me sinto um pouco incomodado com ele...

Tiago

6 comentários:

Elphaba J. disse...

Felizmente não consigo associar algo drástico a uma leitura, a não ser quando ela mesma o é, mas também tenho a capacidade de separar a realidade da leitura, sendo os meus momentos quando estou a ler uma caminhada por um mundo paralelo (estou a ser confusa? Espero que não).

No entanto nada me estraga tanto uma leitura como interrompe-la por um período te tempo longo. Por exemplo quando vou férias não leio (habitualmente) e se deixar um livro a meio depois já não consigo retirar o mesmo prazer dessa leitura.

°•·.๓คятค disse...

Pois eu tb partilho da opinião da Elphaba.
Associo mtas vezes é uma música a um livro, ou pq qdo o comecei a ler estava a ouvir aquela musica ou qdo terminei, ou até msm ao ver um videoclip sentir q imaginei alguns personagens cm os q estou a ver... Isso sim, acontece-me imensas vezes!
Agora ficar doente, ou outras coisas dramáticas ñ.
Parece-me Tiago, q ñ andas lá numa grande maré...

Jessie disse...

Isso a mim não me acontece por uma razão muito simples: quando estou em alturas dificeis da minha vida, não leio. E isso acontece precisamente porque já sei que não vou sequer prestar atenção à história. Já me aconteceu interromper um livro durante bastante tempo e depois quando era para voltar a pegar nele, coloquei-o na estante e peguei noutro. Passados uns tempos recomecei o primeiro livro e li-o até ao fim...

Ana C. Nunes disse...

Nunca me aconteceu o que mencionas, felizmente, mas algo que me acontece muito assim como já disseram anteriormente) é associar uma música a um livro. Não oiço música enquanto estou a ler (distrai-me), mas quando estou num café na minha hora do lanche é inevitável e depois há músicas que eu, sem querer, associo a certos livros. E normalmente são músicas estúpidas que nem sequer gosto, e que não têm nada a ver com o livro, o que é pior

Kel disse...

Tiago, sei exactamente do que falas!
Mas não considero livros desafortunados, mas sim, livros afortunados! Muitas vezes quando estou doente ou a passar por uma fase mais complicada, leio para me abstrair dos problemas. Acabo depois por associar o livro a essa altura, mas não pelo lado mau! Associo por me ter ajudado a ultrapassar esses problemas, ou por me ter ajudado a "matar" o tempo quando estava de cama. Há uns meses estive bastante doente, e li um livro que me marcou - ajudou-me a pensar noutras coisas, e a passar para outro mundo, sem ter que pensar nem sofrer! :D Por isso até foi um livro "afortunado"! :P

E por falares em falecer alguém próximo, um colega meu suicidou-se em Janeiro. O livro que estava a ler na altura, de repente, até se tornou muito mais interessante! Era uma escapatória! Por isso não acho que a leitura fique manchada..no meu caso, até fico com mais motivação para ler!
(provavelmente muita gente vai discordar da minha opinião! Mas os livros ajudam-me sempre, nos bons e nos maus momentos :D)

manuscritosmalditos disse...

Pessoalmente quando estou meio adoentado ou afectado emocionalmente tendo a parar de ler. Simplesmente não consigo encontrar vontade de entrar nas estórias e personagens que de repente se tornam cinzentas independentemente da qualidade da escrita.

Blog Widget by LinkWithin