terça-feira, 16 de junho de 2009

E-books


Início do século XXI: plena idade do desenvolvimento tecnológico. Os computadores passam a estar presente em quase todo o lado. A tecnologia e a informática dominam quase tudo - o mercado dos livros e das leituras não escapa a esta onda.

Os e-books são, explicando de forma muito básica, textos que estão guardados não em papel, mas sim num ficheiro informático, e que consequentemente só podem ser lidos através de um computador, ou dispositivo preparado para transformar todos aqueles bytes de informação em letras; em texto; num "livro".

Aos poucos, cada vez mais livros vão sendo editados ao mesmo tempo tanto em formato de papel como em e-book, para agradar a todos os públicos. No entanto, a tendência actual vira-se cada vez mais para os computadores, e isso poderia levar a uma valorização dos mercados de e-books, e desvalorização das editoras em papel e dos livros!

O que acham deste tema? Digam a vossa opinião. Para ser sincero, isto assusta-me um pouco, porque para mim nada substitui o prazer de folhear as páginas de um livro, tê-lo nas mãos, vê-los na estante... para além de que é bastante cansativo para a vista estar sempre a olhar para ecrâns!

Tiago

4 comentários:

Leto of the Crows disse...

Concordo contigo... morte aos e-books! Viva o papel! E reciclado de preferência, não quero que me acusem de assassinar árvores.

p a t r í c i a * disse...

Concordo Tiago e Leto... E-Books >.< Não gostava de ter um.

...e, j´agora, parabéns Leto.

katy disse...

Concordo contigo quando falas no 'prazer de folhear' quando se está a ler. Mas porque não podem coexistir as duas formas? Há livros que me emprestam e eu gosto tanto que acabo por compra-los. E outros que compro e acabo por me arrepender, porque não achei merecedor do dinheiro que dei por ele. Se os e-books fossem bem mais baratos, era uma boa hipótese. Compraria, lia e se me agradasse, compraria o livro. Assim, teria apenas livros que julgo realmente interessantes!..Why not?

Ana disse...

Concordo quando se diz que não substitui o prazer de ter os livros nas mãos. Eu compro tantos livros que já nem tenho espaço para mais no meu quarto. Mas os e-books dão jeito quando temos de esperar imenso tempo para que alguns livros saiam cá em Portugal. E quando finalmente saem, alguns, diga-se de passagem, têm traduções horríveis. E, além disso, há muitas edições que nem sequer vêm parar ao nosso país mas que estão disponíveis na web. Então, porque não aproveitar?

Blog Widget by LinkWithin